segunda-feira, 6 de novembro de 2017

Atirador em igreja do Texas matou ao menos 12 crianças


Texas: Atirador foi expulso da Força Aérea por agredir mulher e filho

Ex-militar abriu fogo em igreja e matou 26 pessoas em Sutherland Springs


SUTHERLAND SPRINGS, EUA — Devin Patrick Kelley, identificado como o atirador que deixou 26 mortos em uma igreja de Sutherland Springs, no estado americano do Texas, foi expulso das Forças Armadas por agredir a sua mulher e seu filho em 2012. A porta-voz da Força Aérea americana, Ann Stefanek, confirmou à agência Associated Press que Kelley ficou confinado por um ano em função do ataque aos parentes e, como resultado, foi vetado da organização por má conduta.

O atirador Devin Patrick Kelley matou ao menos 26 pessoas em um ataque a uma igreja batista numa pequena cidade do Texas. Perseguido por moradores, atirador de igreja no Texas se matou
Para o presidente dos EUA, Donald Trump, o ataque a tiros no Texas é resultado de um "problema de saúde mental da mais alta gravidade"Para Trump, ataque no Texas não é resultado de política de armas
Crystal Holcombe estava grávida de oito meses quando morreu no ataque numa igreja do estado do Texas, nos EUA. Grávida e três filhos estão entre 26 mortos no ataque a igreja no Texas

Stefanek destacou que Kelley serviu na área de logística da Base Aérea de Holloman, no Novo México, de 2010 e 2014, quando foi expulso. Ele era responsável pelo transporte militar de passageiros, carga e pertences. Neste domingo, o americano abriu fogo na Primeira Igreja Batista de Sutherland Springs e deixou ao menos 26 mortos e 20 feridos — entre as vítimas, está a filha dos pastores, de 14 anos, e uma mulher grávida de 8 meses.

Fonte:https://oglobo.globo.com/mundo/texas-atirador-foi-expulso-da-forca-aerea-por-agredir-mulher-filho-22032815

Um comentário:

Verbratec© Desktop.