segunda-feira, 11 de março de 2013

Acusado de matar advogada Mércia começa a ser julgado após 3 anos


.Ex-PM Mizael Bispo é acusado de homicídio triplamente qualificado
. Crime aconteceu em 2010. Advogada morreu afogada, diz polícia


SÃO PAULO - Começa hoje no Fórum de Guarulhos, na Grande São Paulo, o julgamento do policial militar reformado e advogado Mizael Bispo de Souza, acusado de matar, há três anos, a ex-namorada e também advogada Mércia Nakashima. Quem decidirá se Mizael é culpado ou inocente serão sete jurados. O julgamento do ex-policial, que será transmitido ao vivo pela TV, rádio e internet, está previsto para terminar nesta sexta-feira.

Mizael é acusado por homicídio triplamente qualificado. Ele alega ser inocente. O crime ocorreu em 23 de maio de 2010, numa represa em Nazaré Paulista. A advogada Mércia, sua ex-namorada, foi atingida dentro do carro por um tiro no rosto. Em seguida, o veículo foi empurrado para dentro de uma represa, onde, segundo a perícia, ela morreu afogada.

O motivo do crime seria, de acordo com a acusação, o fato de Mércia, então com 28 anos, não querer reatar o romance. O veículo de Mércia e o corpo dela foram encontrados, respectivamente, nos dias 10 e 11 de junho de 2010.

O acusado respondeu ao processo em liberdade, devido a um habeas corpus concedido pelo Tribunal de Justiça de São Paulo, até a sentença de pronúncia, em dezembro de 2010. A prisão preventiva foi novamente decretada por suposta ameaça a testemunhas e interferência na produção de provas, e tanto o Tribunal de Justiça quanto o Superior Tribunal de Justiça mantiveram a ordem.

Mizael permaneceu foragido até janeiro de 2012, quando se entregou. Desde então, encontra-se no Presídio Militar Romão Gomes, no bairro de Tremembé, zona norte de São Paulo.

Outro acusado

Também preso, o vigia Evandro Bezerra Silva é acusado de participar do crime e responde por homicídio duplamente qualificado (meio cruel e recurso que dificultou a defesa da vítima). De acordo com a acusação, ele saberia do plano de Mizael para matar a ex-namorada e deu carona para a sua fuga do local do crime. Ele nega.

O Globo

Um comentário:

  1. Agora ele fica por um bom tempo...assassino!!!!!

    ResponderExcluir

Verbratec© Desktop.