segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Bilhetes de mulher que caiu com filho do 15º andar falam de suposto caso de ex-marido, diz polícia


De acordo com a SSP, ela escreveu que estava sendo traída pela mãe

Os bilhetes encontrados pela polícia na casa da mulher que caiu após o filho de seis anos do 15º andar de um prédio na zona oeste indicam que ela teria jogado o filho do apartamento e se matado em seguida porque seu ex-marido estava mantendo um relacionamento com a mãe dela.

A mulher, de 33 anos, e o filho morreram no local, por volta das 2h da madrugada desta segunda (24). De acordo com informações da SSP (Secretaria de Segurança Pública), o porteiro contou que ouviu dois barulhos e encontrou os corpos caídos no pátio do prédio. Um morador indicou qual era o apartamento da mulher, onde os policiais encontraram a porta destrancada e os bilhetes.

De acordo com o delegado Marco Aurélio Floridi Batista, titular do 23º DP (Perdizes), “a principio todas as evidências apontam para homicídio seguido de suicídio, mas instauramos inquérito para investigar o caso”.

Ainda de acordo com informações da secretaria, amigos da mulher relataram que ela sofria de depressão e já havia dito que pensava em se suicidar.

De acordo com o porteiro, ninguém entrou ou saiu do apartamento naquele dia além das duas vítimas, mas que pediu imagens da câmera de circuito interno do prédio para confirmar essa versão. Além disso, pretende ouvir o ex-marido e familiares da vítima.

O ex-marido, que, de acordo com os bilhetes, estava tendo um relacionamento com a mãe da mulher, estava em viagem com a filha de 15 anos do casal e já foi avisado das mortes.

R7

Um comentário:

  1. Este blog é uma representação exata de competências. Eu gosto da sua recomendação. Um grande conceito que reflete os pensamentos do escritor. Consultoria RH

    ResponderExcluir

Verbratec© Desktop.