sábado, 6 de novembro de 2010

Marceneiro que estuprou e matou menina de 10 anos no Morro da Providência é encontrado morto em presídio


RIO - A Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) confirmou a morte do marceneiro Jonas Marcelino da Silva, de 35 anos, acusado de estuprar e matar a menina Camila Evangelista da Conceição , de 10 anos, no Morro da Providência, na última segunda-feira.
De acordo com a assessoria da Seap, ele foi encontrado morto na madrugada deste sábado no Presídio Ary Franco, em Água Santa. Segundo os investigadores da Delegacia de Homicídios, os exames preliminares indicam que ele tenha se enforcado. A polícia informou que o preso teria se matado dentro do "boi", como é conhecido o banheiro dentro da cela onde estavam mais 16 presos, na ala dos evangélicos.


O Globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário