quarta-feira, 15 de julho de 2009

Preso por não pagar pensão alimentícia, Romário dorme em chão de delegacia e come lanche


O ex-jogador Romário, detido na terça-feira (14) acusado por sua ex-mulher Mônica Santoro de deixar de pagar a pensão alimentícia dos filhos, dormiu sob um pano no chão de uma sala do 16º Distrito Policial (Barra da Tijuca) e jantou um lanche. O ex-craque está calmo porém aborrecido, segundo o delegado titular da 16ª DP, Carlos Augusto Nogueira Pinto.
O delegado disse que o ex-jogador deve ser transferido à Polinter (órgão da polícia do Rio de Janeiro especializado em capturas) na tarde desta quarta-feira.
A defesa tenta na Justiça libertar Romário. A decisão de prender o ex-jogador partiu do juiz Antônio Aurélio Abi-Ramia Duarte, do TJ-RJ (Tribunal de Justiça do Rio). Procurado, o TJ informou que não pode dar informações sobre o caso por se tratar de segredo de Justiça.
Informações passadas por Nogueira Pinto apontam que Romário adquiriu uma dívida de R$ 50 mil por não pagar a pensão alimentícia dos dois filhos. Segundo o delegado, o ex-jogador deixou de pagar a pensão há dois meses.
Nogueira Pinto também afirmou que, apesar da data de pagamento do segundo mês de pensão vencer no próximo dia 22, o juiz decidiu cobrar R$ 19 mil pelo primeiro mês atrasado, R$ 22 mil pelo segundo, além de uma multa por adquirir a dívida.

Comida comum
Romário permaneceu a noite toda em uma sala na companhia de outros três homens que também foram detidos pelo não pagamento de pensão. Um quarto acusado pelo mesmo motivo foi encaminhado na manhã desta quarta ao local.
Franco Belfiore, 50, um amigo do ex-craque, tentou entregar um jantar ontem à noite --com churrasco e batatas, entre outros-- e pão doce, frutas e café, mas foi impedido pelo delegado. Nogueira Pinto alegou que não pode dar tratamento diferenciado a uma personalidade.
O delegado afirmou que o titular da camisa 11 da seleção brasileira campeã do mundo na Copa de 1994 se mostra calmo, entretanto, como não dormiu direito, está debilitado.
"O Romário parece estar calmo e está um pouco debilitado porque não deve ter dormindo a noite toda. As acomodações infelizmente não são propícias para a pessoa dormir de forma confortável, e ele está cansado", afirmou Nogueira Pinto.
Segundo ele, Romário se mostrou chateado porque ontem à noite tinha um compromisso com dois patrocinadores que estão investindo no clube que ele colabora, o América.
Por telefone, a reportagem da Folha Online não conseguiu localizar o advogado do ex-craque.


DIANA BRITTO


Folha Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário