segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Declaração sobre o desmentido à pedofilia no Hamas


Se as fontes sionistas são suspeitas ao mostrar apenas as noivas meninas, o mesmo não se pode dizer da reportagem da TV ÁRABE AL JAZIHRA: HAMAS ORGANISES MASS WEDDING IN GAZA - 2 AUG 09 [http://www.youtube.com/watch?v=RYmtaXQHEtw&feature=fvw], com comentários em inglês.
A reportagem mostra as cerimônias, em imagens de grande nitidez, registrando em panorâmica o pavilhão dos noivos, as danças dos noivos, sem jamais focalizar o pavilhão das noivas, ou qualquer noiva em particular.
Nenhuma noiva é entrevistada, e as únicas noivas que aparecem nessa reportagem são as meninas-noivas, com absoluta ausência de imagens das noivas adultas alegadas pelo Hamas, após as imagens que vazaram na rede do suposto casamento pedófilo: as supostas noivas adultas jamais são entrevistas, jamais são vistas, não aparecem nem sequer de relance, em momento algum.
Os casamentos pedófilos têm sido, aliás, discutidos nos países muçulmanos.
A agência Reuters, que não se pode dizer que seja sionista, divulgou a seguinte notícia:
Arábia Saudita regulamenta casamento de meninas. RIAD (Reuters).
O Ministério da Justiça da Arábia Saudita anunciou a intenção de regulamentar o casamento de meninas muito jovens, depois que um tribunal recusou-se a anular o matrimônio de uma garota de 8 anos com um homem 50 anos mais velho, segundo um jornal local: http://www.abril.com.br/noticias/mundo/arabia-saudita-regulamenta-casamento-meninas-353907.shtml.
Quanto à afirmação de que entre os árabes homens e mulheres ficam separados até a hora do casamento.Noivos não andam de mãos dadas em público, basta assistirem a um casamento árabe para se perceber que essa alegação não procede:
no casamento da família Kara Ali, postado no YouTube [http://www.youtube.com/watch?v=W-0Dx5d11Ug&feature=related] aos 4 minutos e 12 segundos podemos ver o tradicional desfile do noivo de mãos dadas com a noiva em público antes de chegarem ao altar.
No casamento em massa do Hamas, é exatamente isso que os noivos estão fazendo.
Nenhuma prova material (fotos, gravações de celulares, reportagens de TV, vídeos caseiros, etc. da cerimônia, datados do dia em que ela se realizou) ainda foi postada na internet, até onde sei, refutando as provas abundantes do casamento pedófilo em massa, mas assim que as receber, seja de fonte hamasiana ou sionista, as divulgarei no interessa da verdade e para alívio do mundo civilizado.

17 comentários:

  1. "Os casamentos pedófilos têm sido, aliás, discutidos nos países muçulmanos."

    Como foi comentado no trecho destacado acima,se há polêmica no mundo muçulmano, é porque existem precedentes deste tipo de "união" em determinadas sociedades. O que torna frágil a presunção de certos militantes de que o gênero feminino é bem tratado pela totalidade do islamismo. O que existe é uma colcha de retalhos com, digamos, algumas poucas e instáveis, ilhas de excelência em direitos humanos.

    ResponderExcluir
  2. ISSO É UM ABSURDO. OS PODEROSOS POL´TICOS DO MUNDO DEVERIA SE UNIR PARA ACABAR COM ESTA SITUAÇÃO ABSURDA!

    ResponderExcluir
  3. Desculpe-me, mas vocês se enganam ao dizerem que "nenhuma prova material (...) ainda foi postada na Internet".

    Na verdade, a Al Jazeera cobriu todo esse evento AO VIVO, e até entrevistou uma das verdadeiras noivas:
    http://www.youtube.com/watch?v=yyVFpP0LBJM

    E aqui mais uma cobertura:
    http://www.youtube.com/watch?v=RYmtaXQHEtw

    The New York Times também noticiou como um casamento em massa de viúvas:
    http://www.nytimes.com/2008/10/31/world/middleeast/31gaza.html?_r=1

    O vídeo que acusa o evento como "casamento infantil" é apenas uma edição do vídeo
    original da Al Jazeera, e foi divulgado inicialmente por um site judeu.
    http://wejew.com/media/5562/Hamas_Shocking_Mass_Wedding_for_450_Little_Girls/

    Um pouco suspeito, não?!

    Sei o que vocês podem dizer: "Al Jazeera também não é imparcial!" De acordo. Mas ao menos eles cobriram o evento com repórteres reais, enquanto o site judeu parece nem mesmo ter alguém responsável pela matéria.

    A verdade é que quem alega ser um casamento pedófilo viu o vídeo editado antes e ficou "viciado" nessa interpretação.

    Cordialmente,

    Leonardo

    ResponderExcluir
  4. Será que ainda não deu pra ver qe o assunto já caiu de velho?
    Por isso que as brigas por lá continuam.
    Chega de colocar a mesma coisa!!!!!

    ResponderExcluir
  5. Esse comentário abaixo foi para vc Dignas de Nota.
    Muda o assunto, já chega!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  6. Este link desmente toda e qualquer mentira sionista sobre o caso (as noivas aparecem): www.youtube.com/watch?v=Pg8GznoBdeU

    ResponderExcluir
  7. Ieda disse...
    Olá, Bastou procurar um pouquinho pra ver que isso é uma grande difamação!

    E ninguém precisa me dizer que quem fez isso o fez para manchar a honra do povo Palestino. Que covardia!

    Mas já estão apurando. Pois para descobrir o IP de quem modificou a matéria entraram com uma Ação Civil Pública para investigações contra crime de discriminação racial contra mulheres palestinas e árabes por crimes praticados pela internet.

    MPF - Procedimento Administrativo nº 1.16.000.000757/2009-24

    O que ocorre na matéria é um casamento coletivo com uma centena de viúvas de Gaza. O casamento coletivo foi organizado pelo movimento islâmico palestino Hamas, que governa a Faixa de Gaza. As 100 mulheres, muitas delas mãe, perderam seus maridos durante os 22 dias de ofensiva. As crianças que aparecem na foto são seus filhos ou parentes, que eram daminhas - as meninas usavam vestidos brancos, enquanto os meninos usavam ternos pretos.

    http://www.paltelegraph.com/palestine/gaza-strip/1319-hamas-holds-collective-marriage-ceremony

    ResponderExcluir
  8. PARA CALAR QUEM DEFENDE A MENTIRA:
    “Mais ainda: talvez o mais conhecido de todos os clérigos muçulmanos deste século, o Aiatóla Komeini, defendeu em discursos horripilantes a prática da pedofilia:
    Um homem pode obter prazer sexual de uma criança tão jovem quanto um bebê. Entretanto, ele não pode penetrar; sodomizar a criança não tem problema. Se um homem penetrar e machucar a criança, então ele será responsável pelo seu sustento o resto da vida. A garota entretanto, não fica sendo contada entre suas quatro esposas permanentes. O homem não poderá também se casar com a irmã da garota... É melhor para uma garota casar neste período, quando ela vai começar a menstruar, para que isso ocorra na casa do seu marido e não na casa do seu pai. Todo pai que casar sua filha tão jovem terá assegurado um lugar permanente no céu.”

    ResponderExcluir
  9. Achei isso tão absurdo que chego a questionar: não seriam essa crianças algo como "madrinhas de aliança" como temos no Brasil e em outros países ocidentais?
    Mas se realmente essas crianças forem as noivas, os movimentos feministas do mundo ocidental vão ter de mostrar os dentes, pois a religião muçulmana está crescendo muito no ocidente. Se isso continuar, as mulheres devem se preocupar muito e se mobilizarem de acordo. Acho quase impossível impedir que esse crime aconteça por lá, mas aqui, por enquanto, podemos dizer não ao islamismo.

    ResponderExcluir
  10. Gente, esta notícia é falsa...

    Basta fazerem uma simples pesquisa pelo GOOGLE.

    Eu sempre faço assim, quando vejo algo muito absurdo:

    - CLICO EM GOOGLE
    - ESCREVO ALGUM PARÁGRAFO DA NOTÍCIA E ACRESCENTO + LENDA
    - IMEDIATAMENTE VEM A RESPOSTA SE FOR LENDA

    Vejam aqui
    http://www.quatrocantos.com/LENDAS/402_noivas_hamas_pedofilia.htm

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é isso mesmo Silvia eu postei "Sandy & junior lenda" olha o que saíu:

      http://letras.mus.br/sandy-e-junior-musicas/126866/

      absurdo!

      Excluir
  11. O COSTUME DE AS ESPOSAS NÃO PARTICIPAREM DA FESTA DE CASAMENTO COM OS MARIDOS É BEM COMUM NA CULTURA ISLÂMICA,QUASE UMA UNANIMIDADE.CLARO QUE ISSO VARIA ENTRE OS PAÍSES.MAS NESSE CASO,PODEMOS ALEGAR QUE ESSAS MENINAS NÃO SÃO AS NOIVAS,NÃO SOMENTE POR ISSO,MAS TAMBÉM PELO FATO DE ESTAREM COM SUAS CABEÇAS DESCOBERTAS,ALGO QUE JAMAIS OCORRERIA SE ELAS FOSSEM AS VERDADEIRAS NOIVAS.ALÉM DISSO,HÁ VÍDEOS EM QUE VEMOS OS NOIVOS DESFILANDO SEM ACOMPANHANTES.MAIS TARDE DURANTE A FESTA,AS MENINAS ESTÃO PERFILADAS COM OUTROS MENINOS,SEMELHANTES A DAMAS DE HONRA NO OCIDENTE.TAMBÉM,NUM OUTRO VÍDEO,PODE-SE VER UMA MENINA VESTIDA NA CASA DE UM DOS NOIVOS,O QUE CONFIRMA O QUE DISSERAM OS ORGANIZADORES:ALGUMAS CRIANÇAS SÃO PARENTES DOS PRÓPRIOS NOIVOS,E NÃO SOMENTE FILHAS DAS NOIVAS.POIS SERIA BEM DIFÍCIL A NOIVA JÁ ESTAR NA CASA DO FUTURO MARIDO,E VESTIDA PARA CASAR.SEGUNDO O ISLÃ,A NOIVA SÓ TERÁ REAL CONTATO COM O MARIDO NA NOITE DE NÚPCIAS.O DESFILE QUE SE VÊ DOS HOMENS PELA RUA ACOMPANHADOS DAS MENINAS E SEGUIDO POR MUITAS PESSOAS É TAMBÉM TRADIÇÃO ANTIGA.PARECE QUE OS INVENTORES DESSA HISTÓRIA NÃO TÊM MUITO CONHECIMENTO SOBRE O ISLÃ,OU(O QUE É MAIS PROVÁVEL)AGIRAM PERFIDAMENTE COM MÁ FÉ PARA ENGODAR OS IGNORANTES,QUE,DIGA-SE DE PASSAGEM,SÃO MUITOS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seria de se estranhar se as noivas aparecessem para ser fotografadas junto com os noivos no evento. Não na cultura muçulmana onde a mulher é extremamente marginalizada.

      Excluir
  12. acho realmente que esta historia tem que ser apenas um mito caso contrario as autoridades do mundo inteiro como a onu teriam que interfirir pois nem o pior dos animas merece ser tratado desse forma sexo e para adulto criança tem que ser amada e respeitada.

    ResponderExcluir
  13. Ainda persiste nas cabeças menos avisadas esta história falsa,publicada por um jornal sionista e espalhada por um homem xenófobo e islamofóbico como o senhor Paul Williams.Mas a mentira,tenha o tamanho que tiver das pernas,sempre será desvendada.Visitem o blog http://pansamentojovem.blogspot.com.br/2013/04/as-noivas-da-palestinaum-assunto-ainda.html e vejam inúmeras festas de casamentos coletivos,ou mesmo idividuais,nos quais se verão também meninas em companhia das noivas verdadeiras,sempre vestidas como damas de companhia,em grande contraste com as vestes das noivas.E também em companhia dos noivos.

    ResponderExcluir
  14. esses homens sao nojentos!quem esta dizendo que isso nao e verdade devia começar a ler e a se informar mais um pouco.porque nesses paises acontecem coisas absurdas! deus tenha piedade dessas crianças.

    ResponderExcluir
  15. falso ou não! o fato q as crianças sofrem tão quanto, e as mulheres mais ainda. não duvido de nada no mundo q estamos e conhecendo um pouco da cultura deles e bem capaz. Mulher pra eles e objeto e nada mais, apenas um deposito de esperma.

    ResponderExcluir